Para ser feliz juntos, com que frequência um casal precisa de sexo?

A maioria das pessoas acredita que mais sexo significa maior felicidade. Mas um estudo descobriu que há um número mágico quando se trata de sexo entre casais comprometidos e isso é uma vez por semana.

Fazer sexo com mais frequência do que isso não nos deixa mais felizes, disse a principal autora do estudo, Amy Muise, psicóloga social e pós-doutoranda na Universidade de Toronto-Mississauga. Mas se o sexo se torna menos frequente do que semanalmente, a felicidade diminui.

Nightgowns, pijamas e lingerie sexy para o Dia dos Namorados

12 de fevereiro de 201804:21

“Uma vez por semana faz sentido em alguns aspectos, porque eu acho que muitas pessoas ainda veriam isso como sexo regular”, disse Muise..

Muise e seus colegas usaram dados de mais de 30.000 americanos para analisar a relação entre felicidade e frequência sexual. Em uma das maiores surpresas, os resultados foram os mesmos para homens e mulheres, para jovens e idosos e para relacionamentos longos e curtos. Isso mesmo: uma vez por semana.

Os pesquisadores também analisaram o impacto do dinheiro na felicidade.

O que eles acharam?

Qual o segredo do amor duradouro? Esses casais compartilham dicas

Jun.26.201702:03

Sexo bate dinheiro

Está certo. O sexo freqüente foi mais fortemente associado à satisfação do que o nível de riqueza.

Para os americanos que se sentem pressionados a aumentar o calor em seus relacionamentos, “é bom saber que uma vez por semana serve”, disse Helen Fisher, pesquisadora sênior do Instituto Kinsey. “Esses pesquisadores descobriram o termômetro sexual para os tempos modernos”.

Casamento 101: Millennials fazem curso universitário sobre como ficar quites

Jun.26.201704:02

Aquele sexo semanal, segundo Fisher, afeta três sistemas cerebrais diferentes, que por sua vez afetam nossa saúde, nossos relacionamentos e nossa felicidade..

“Ter relações sexuais aumenta a nossa testosterona, o que irá sustentar o nosso desejo sexual”, explicou Fisher.

“Qualquer estimulação dos genitais irá conduzir o sistema de dopamina, o que levará a sentimentos de amor romântico. E os orgasmos estimulam a produção de ocitocina, que cria sentimentos de apego profundo “, disse ela..

HOJE teamed up with SurveyMonkey to learn what marriage looks like in 2017.
HOJE se associou com a SurveyMonkey para aprender como é o casamento em 2017.Katie Connelly

Mais = mais feliz?

Uma coisa que o estudo não aborda é se as pessoas que estão tendo Menos o sexo seria mais feliz se aumentasse a frequência de fazer amor, diz a Dra. Gail Saltz, psiquiatra do NewYork-Presbyterian e Weill Cornell Medicine.

“Algo que os pesquisadores não viram é que, se você pegasse as pessoas que são infelizes e as orientasse a fazer mais sexo, elas seriam mais felizes”, afirma Saltz..

Ainda assim, disse Fisher, se o ato de fazer amor semanal não está acontecendo para você, “coloque na agenda, se não puder ser espontâneo”.

Esta história foi originalmente publicada em junho de 2016.

Loading...