O que é o melasma – também conhecido como bigode do sol – e como você se livra dele?

Quando minha mãe recentemente apontou para o meu lábio superior e perguntou, o que é isso? Eu sabia que as coisas tinham ido de mal a pior. Meu bigode de sol – como era apelidado de forma tão sem afetação – claramente passara de pouco para o status de Tom Selleck.. 

Muito tempo no sol neste verão criou um indesejado escurecimento do meu lábio superior. (Isso aconteceu com você também?) Para descobrir o que a causa e, mais importante, como se livrar dela, consultei os melhores dermatologistas. Veja o que eles disseram:

O que é um “bigode do sol”?
É a melasma, uma descoloração da pele que resulta em manchas marrons a castanho-acinzentadas no rosto, afetando muito mais mulheres do que homens. Além da área do lábio superior, o melasma também pode ocorrer nas bochechas, na ponte do nariz, testa e queixo. A causa exata é desconhecida, explica a dermatologista Melissa Piliang, da Cleveland Clinic, mas acredita-se que seja devido a uma combinação de hormônios, exposição ao sol e uma predisposição genética..

Pílulas anticoncepcionais e alterações hormonais – especialmente entre mulheres grávidas – também podem ser culpadas, acrescenta o dermatologista Howard Sobel, MD, fundador da linha de cuidados com a pele DDF. Esta descoloração facial é muitas vezes referida como a “máscara da gravidez” em futuras mamãs.

Você pode se livrar dele?
Felizmente, o melasma geralmente desaparece nos meses de inverno, explica o Dr. Piliang. Mas se você é um esquiador ávido ou vive em climas mais quentes, a proteção solar rigorosa é especialmente necessária durante todo o ano para proteger contra a descoloração excessiva.

Para ajudar a diminuir as áreas escuras existentes, o Dr. Piliang sugere a aplicação de cremes tópicos contendo hidroquinona. O clareador de pele está disponível em produtos de beleza vendidos sem receita médica, como o Porcelana, e em produtos de força prescrita, acrescenta o Dr. Sobel. Você também pode usar ácidos glicólicos e retinóides para ajudar a remover as células mortas, promover uma renovação mais rápida da pele e reduzir a pigmentação. Um bom corretivo também pode ser seu novo melhor amigo.

Como você evita isso??
Como qualquer boa rotina de cuidados com a pele, o Dr. Piliang recomenda limitar sua exposição ao sol, evitar camas de bronzeamento, usar chapéu, ficar na sombra e usar protetor solar com pelo menos um FPS de 30 por dia. O produto deve conter um bloqueador solar, como óxido de zinco ou dióxido de titânio, para uma proteção mais eficaz contra os raios UV. Uma aplicação não é suficiente, diz o Dr. Sobel; você precisa reaplicar a cada duas horas.

Se a descoloração é extremamente perceptível ou incomoda, considere alternativas para pílulas anticoncepcionais ou terapia de reposição hormonal, ele acrescenta.

Uma versão desta história apareceu originalmente no iVillage.