O casamento é um trabalho árduo: 7 maneiras de se divertir novamente

Há algumas semanas, Pink anunciou ao mundo o que pensava sobre o casamento: “Monogamia é trabalho!” ela declarou. Mas ela não parou por aí – Pink revelou que às vezes ela desmaia com o marido, e outras vezes, ela não suporta ele. Celebridades – elas realmente são como nós, huh?

O casamento é trabalho? Sim, certamente é. No entanto, o que vemos nos filmes de Hollywood nos diz que não é. A maioria das histórias de amor termina feliz para sempre – em apenas duas horas. Nós não vemos como é um casamento de verdade daqui a cinco, dez, 20 anos – quando não é tanto “varrer meus pés” como é, “varrer o chão da cozinha para o meu afeto”.

O que acontece quando nossos relacionamentos não são mais “perfeitos”? A verdade dura e fria é que os altos e baixos são normais e cada casal enfrentará conflitos. Tanto os casais felizes quanto os miseráveis ​​têm os mesmos problemas – é como eles lidam com os problemas que ditam o futuro de seu relacionamento..

‘Seja amante do seu marido’ e outros conselhos de casamento do exterior

29.08.201703:42

Então, o que você pode fazer para tornar seu casamento divertido e feliz? A chave está se tornando a melhor esposa – e aqui estão sete maneiras de fazer isso:

1. Pratique gratidão.

A chave para ter sentimentos mais apaixonados e divertidos sobre o seu cônjuge é anotar as coisas que o seu cônjuge faz por você, tanto a curto quanto a longo prazo, para que você se sinta grato. A felicidade deriva em grande parte da gratidão. Aqui, vou começar minha própria lista para que você possa ver como estruturar a sua:

O que agradeço ao meu marido, Andy:

  • Ele me traz café todas as manhãs em uma caneca grande (eu coleciono canecas e ele sempre acha uma boa).
  • Não só isso, mas ele traz até três lances de escada para onde o nosso quarto é.
  • Ele acorda feliz quase todos os dias.
  • Ele ama o meu trabalho e me apoia em todos os sentidos.
  • Ele quer que eu compre coisas boas para mim, porque eu prefiro acertar o rack de venda.
  • Ele é gentil com minha família e os ama como os seus.

Terry Crews compartilha seu mantra de gratidão e amor de cavalos em HOJE

21 de outubro de 201504:15

Faça isso e observe seus sentimentos positivos se acenderem e observe o sorriso em seu rosto enquanto escreve. Peça ao seu parceiro que faça o mesmo – e observe como as coisas ficam mais bonitas e tão rapidamente.

2. Deixe de lado o seu ressentimento.

Se você tem um chip em seu ombro porque seu parceiro não está ajudando na cozinha com frequência suficiente ou planejando passeios sociais, esses pensamentos negativos podem estar afetando o amor e os bons sentimentos que você criou ao longo do tempo..

Dê uma olhada nas expectativas que você acredita que seu cônjuge não está cumprindo. Esperar que seu parceiro seja sempre sexy, engraçado, razoável, sensato e complacente é uma preparação para sentimentos ruins. Para obter a emoção de volta, primeiro você tem que superar seus ressentimentos e se esforçar para a aceitação de seu cônjuge. Fazer isso mudará toda a dinâmica do seu relacionamento, tornando muito mais fácil a comunicação, a conexão e a sensação de amor..

3. Obtenha física.

Quando você está se apaixonando por alguém, você constantemente procura maneiras de estar em contato físico com essa pessoa: de mãos dadas, abraçando, beijando, acariciando. Reincorporar gestos físicos cotidianos aqui e ali pode ajudar a despertar esses sentimentos amorosos novamente.

Comece pequeno com um toque suave do braço, um tapinha nas costas, de mãos dadas, apenas colocando a mão em cima dele. Todo gesto conta. A pele é o maior órgão do seu corpo, e o toque físico é uma necessidade humana importante – abraços de 30 segundos são os meus favoritos. O toque realmente aproxima você. Antes que você perceba, esses pequenos toques se traduzirão em uma conexão emocional profunda.

Casamento 101: Millennials fazem curso universitário sobre como ficar quites

Jun.26.201704:02

4. Evite o viés da negatividade.

Quanto mais tempo você for casado, maior a probabilidade de prestar atenção aos aspectos negativos do seu cônjuge, em vez dos traços que achou adoráveis ​​no início. Faz parte da natureza humana.

Para contrariar esta tendência para a crítica, você tem que mudar sua mentalidade e procurar o que é bom. Nem sempre é fácil e requer trabalho. Lembras-te da lista de gratidão de que te falei? O próximo passo é dizer ao seu parceiro o que você ama e aprecia sobre ele – especificamente!

5. Aprenda como desescalar.

Quando esses argumentos inevitáveis ​​acontecerem, tente essa abordagem. Uma pessoa pode chamar “Pare!” em nossa casa. Nós chamamos isso de “escalada”. Colocamos a discussão acalorada em pausa enviando todos para seus próprios espaços seguros e tranquilos na casa para se acalmarem. Meus filhos chamam de “pugilistas voltando para seus cantos”.

A pausa geralmente dura de 20 a 30 minutos, no máximo, e é milagroso como podemos resolver as coisas em dois minutos após uma desescalada..

6. Seja sempre gentil.

Isso é difícil de fazer – especialmente quando seu parceiro aperta seus botões. Faça uma lista das coisas que mais o irritam um no outro e tenha um plano para responder com gentileza e não com veneno. Isso vai melhorar as coisas rapidamente e fazer o seu parceiro se sentir amado e importante.

7. Faça novas coisas juntos!

Mais e mais está sendo escrito sobre o aumento da felicidade, aumentando a novidade – o que significa fazer novas coisas e compartilhar novas experiências juntos!

Sugira que você faça uma aula de salsa ou dança de salão, faça uma viagem de bicicleta juntos – até mesmo experimentar um novo restaurante pode ajudar a acabar com a monotonia e aumentar a agitação novamente. Diga ao seu parceiro sobre o porquê da novidade funcionar (também é ótimo para a sua vida sexual), e tenho certeza de que eles ficarão felizes em participar da diversão!

A treinadora de namoro Bela Gandhi é a fundadora e presidente da Smart Dating Academy.