Eu não suporto o toque do meu marido – nosso casamento pode ser salvo?

Esta semana, uma leitora diz que não suporta o contato físico com o marido e recorreu a traí-lo, enquanto outro leitor acabou de descobrir que o marido a traiu. A especialista em relacionamentos, Dra. Gilda Carle, corta a penugem com seus conselhos amorosos na série “30 segundos de terapeuta” do TODAY.com. 

Q: Eu sou casado há sete anos. Eu odeio fazer sexo com meu marido e não sei o que fazer. Ele é um homem calmo e gentil, e todo mundo gosta dele, mas a realidade é que não posso tolerar que ele me toque. Eu recentemente tentei amar outra pessoa porque preciso de sexo. Você acha que eu tenho que terminar este casamento, ou existe alguma outra maneira de eu reconstruí-lo? Sirene sem soltar

Querida sirene sem sexo,

Como o maior órgão do corpo, a pele anseia por toque. Você “odeia fazer sexo com” seu marido e “não pode tolerar que ele toque” em você. No entanto, conseguir stokes e strokes de alguém que você está “tentando” amar é bom? Seja real !! Você aparentemente teme a proximidade de um parceiro consistente, mas para responder à sua fome de pele, você está confundindo sexo e tocando com amor.   

Você pergunta se há outra maneira de reconstruir o casamento. Senhora, você não pode reconstruir seu relacionamento enquanto brinca na cama de outra pessoa! Preste atenção nisso Gilda-Gram™: “Construir amor requer presença emocional”. A menos que você esteja preparado para totalmente comprometer-se com o seu homem “calmo e gentil”, faça-lhe o favor de se retirar!

Antes de você ter recorrido de racionalizar o “amor” infundado para aquecê-lo, domine o conceito de relacionamento dar e receber. —Dr. Gilda

Q: Meu marido de dois anos recentemente me traiu. Ele me disse no dia depois que aconteceu. Ele disse que iria trabalhar duro para ganhar minha confiança de volta e ele pensou que a outra mulher era o que ele queria, mas agora ele sabe que estava errado. Estou magoado e com raiva e tão perdido. Eu quero resolver as coisas, mas como posso perdoá-lo? Como podemos superar isso? – Ferido e irritado

Dear Hurt & Angry,

A pergunta antes de “como perdoar?” Deve ser “o que está acontecendo?” 

Sua vontade de “resolver as coisas” é fundamental. Não se preocupe em como “superar isso” agora; a confiança é comprovada no comportamento, e isso levará tempo. 

Como a maioria das mulheres, você imagina que é o relacionamento da polícia? Se assim for, além de ficar com raiva de seu marido, você está com raiva de si mesmo por não detectar deficiências conjugais? Examine o casamento que você teve, troque seus sentimentos e medos, e observe sua vulnerabilidade se tornar a cola para sua união..

O novo filme inspirador de Max Lucado, “A Vela de Natal”, mostra como milagres aparentemente impossíveis se manifestam –quando as pessoas querem que eles. Garota, vocês dois já pregaram essa parte! Deixe um terapeuta ajudá-lo a se renovar. —Dr. Gilda   

Quer que a Dra. Gilda responda suas perguntas sobre relacionamento? Envie-os em!

A Dra. Gilda Carle é a especialista em relacionamento com as estrelas. Ela é professora emérita, escreveu 15 livros e a última é “Não aposte no príncipe!” – Segunda edição. Ela fornece conselhos e coaching via Skype, email e telefone.

Loading...