9 remédios naturais para artrite reumatóide

Por que ir natural?
A artrite reumatóide (AR) ocorre quando o sistema imunológico ataca erroneamente as membranas que revestem as articulações e causa inflamação. Não há cura para essa condição crônica, e as drogas usadas para controlar os sintomas – dor grave, inchaço e até perda óssea – podem ter efeitos colaterais que variam de náusea a anemia e danos ao fígado. Então, o que os tratamentos alternativos podem fazer? Embora os remédios naturais geralmente não possam substituir os remédios convencionais, eles podem ajudar a reduzir a dosagem ou a frequência dessas drogas a ponto de os efeitos colaterais não serem um problema, diz David Leopold, MD, do Scripps Center for Integrative. Medicine, em La Jolla, Califórnia. Aqui estão as formas mais eficazes e melhor estudadas de aliviar os sintomas da AR – naturalmente.

Ácidos gordurosos de omega-3
Existem muitos antiinflamatórios naturais, mas os mais bem estudados são os ácidos graxos ômega-3. Essas gorduras saudáveis ​​que estimulam o cérebro são especialmente predominantes em frutos do mar, especialmente peixes gordurosos, como salmão, sardinha e atum. Estudos descobriram que a adição de ômega-3 à dieta pode reduzir a dor nas articulações e rigidez matinal em pessoas com AR, diz Chaim Putterman, chefe de reumatologia do Montefiore Medical Center e Albert Einstein College of Medicine, em Nova York. Não é fã de peixe? Cápsulas de óleo de peixe podem dar-lhe os mesmos benefícios. Mas cuidado: altas concentrações de ômega-3 podem diluir o sangue, então consulte o seu médico para a dose certa.

Ácido gama linolênico
O ácido gama-linolênico (GLA) é outro ácido graxo com propriedades antiinflamatórias, diz Robert Zurier, MD, que estudou os efeitos do GLA em pacientes com artrite reumatóide na Faculdade de Medicina da Universidade de Massachusetts. O GLA é encontrado principalmente em óleos botânicos – prímula, sementes de groselha preta e, especialmente, óleo de borragem, sua fonte mais rica. Os pacientes nos estudos do Dr. Zurier tomaram três cápsulas de mililitro de óleo de borragem todos os dias durante seis meses e relataram menos dor nas articulações e rigidez do que os pacientes que tomaram cápsulas de placebo, e também reduziram sua dose de antiinflamatórios não-esteróides..

Especiarias
Você pode encontrar antiinflamatórios naturais em uma variedade de especiarias, incluindo açafrão, curcumina (ingrediente ativo da cúrcuma) e gengibre. “Com efeito, essas especiarias agem como versões de dose baixa de aspirina e ibuprofeno”, explica o Dr. Leopold. Estudos sobre extrato de gengibre descobriram que inibe as substâncias químicas inflamatórias geradas pelo sistema imunológico. Não se sente como cozinhar com estas especiarias? Você pode tomar suplementos. Basta lembrar que as cápsulas contêm concentrações mais altas e a sobredosagem pode causar os mesmos efeitos colaterais como a aspirina e o ibuprofeno, incluindo irritação do estômago, úlceras gástricas e sangramento..

Uma dieta anti-inflamatória
“Estudo após estudo mostra que o que as pessoas comem afeta a resposta inflamatória do corpo”, diz Leopold, enquanto alguns alimentos, como alimentos processados, promovem inflamação, outros têm o efeito oposto. A dieta anti-inflamatória, popularizada por Andrew Weil, M.D., é rica em grãos integrais, frutas e legumes, azeite, peixe, feijão, ervas, especiarias e chá verde ou branco. É escasso em carne vermelha, açúcar, farinha e gordura saturada, sem recomendação de gorduras trans. Outro aspecto da dieta anti-inflamatória: “Não comer demais”, diz o Dr. Leopold. Células de gordura produzem uma variedade de substâncias químicas inflamatórias que podem piorar os sintomas da AR.

Probióticos
Veja como seu cólon afeta os sintomas da artrite reumatóide: é o lar de bactérias benéficas, que ajudam a quebrar a comida, mas também a bactérias nocivas, que podem proliferar quando há uma mudança no ambiente intestinal (por tomar antibióticos, por exemplo). Bactérias prejudiciais podem desencadear inflamação – piora dos sintomas – enquanto os probióticos, ou microrganismos benéficos, podem reduzir a inflamação. Quais probióticos podem ser mais úteis? Bifidobacterium infantis, encontrado em suplementos como Align e outros, e misturas probióticas contendo bifidobactérias e outros organismos como os lactobacilos, encontrados em Ortho Biotic e VSL # 3. Converse com seu médico antes de iniciar os probióticos – alguns podem interferir na medicação de AR.

Suplementos de ervas
Muitos antiinflamatórios naturais foram transformados em suplementos, incluindo bromelaína (enzimas encontradas no abacaxi), EGCG (extrato de chá verde), ácido oleanólico (do azeite de oliva) e ervas como boswellia (olíbano indiano), garra do diabo, ginkgo e trovão videira de deus. Você pode tentar qualquer um desses, mas seja paciente. “Eu digo aos pacientes que eles geralmente devem ver algum tipo de benefício em três a quatro semanas, se eles vão obter algum benefício”, diz o Dr. Leopold. Como os suplementos também trazem efeitos colaterais, informe ao médico o que você está tomando, especialmente se você também estiver tomando medicamentos sem prescrição médica. Para maximizar a segurança, o Dr. Leopold recomenda comprar apenas suplementos feitos nos Estados Unidos..

agua
Fontes termais e spas têm uma longa tradição de aliviar a dor da artrite reumatóide, diz o Dr. Putterman. Mas você não precisa viajar para obter os mesmos efeitos de cura. Tente imersão em um banho quente ou Jacuzzi, ou tomar um banho quente para aliviar suas articulações doloridas, ajudar a relaxar os músculos tensos e aliviar a rigidez. Escolha uma temperatura de água confortável – você pode precisar apenas de calor moderado – e deixe de molho por cerca de 15 minutos. O que mais ajuda? Exercitar-se em água morna, nadando ou tomando uma aula de hidroginástica. Por outro lado, a dor e o inchaço em uma articulação podem ser aliviados pelo frio. Enrole uma toalha em volta de um saco de gelo ou vegetais congelados e segure-o na articulação dolorida por cerca de 10 minutos. Se a dor e o inchaço numa única articulação persistirem por mais de algumas horas, pode ser um sinal de infecção, por isso procure assistência médica.

Coloque tudo junto
Se você tem artrite reumatóide, existem três mudanças no estilo de vida que você deve fazer:

  • Coma uma dieta saudavel.
  • Reduzir o estresse.
  • Exercício.

“Tudo o mais é uma gota no balde, se essas três partes não estiverem no lugar”, diz Leopold. E enquanto o exercício pode não parecer tão agradável para alguém com articulações rígidas e doloridas, a atividade física regular pode diminuir suas dores e dores, aumentando a flexibilidade. Que tipos de exercícios funcionam melhor? Pessoas de baixo impacto, como caminhar ou nadar, que não entortam ou causam estresse nas articulações. E enquanto alongamento, fortalecimento e condicionamento são importantes, o treinamento com pesos deve ser gradual e controlado.

Uma versão desta história apareceu originalmente no iVillage.