Corrigir os 5 erros mais comuns de treinamento de cães

Treinar seu cão tem muito a ver com a compreensão de como eles pensam. O comportamentalista de cães Tamar Geller oferece uma visão da mente do seu cão e compartilha algumas dicas de treinamento.

Erros de treinamento do cão são realmente humano erros. Não fique tão surpreso! Muitos donos de cachorros cometem erros sem o conhecimento deles – devido a conselhos ruins, lendo algo em algum lugar, porque foi assim que eles fizeram com o cachorro da família quando estavam crescendo, ou até mesmo como um comportamento que eles nem estão cientes de que estão fazendo. Então a frustração se instala quando os filhotes “sofrem acidentes” em casa, ou os cães adultos não vêm quando são chamados ou chamam a atenção das pessoas, mas esses e outros problemas não são culpa do cachorro. Independentemente de qual programa específico de treinamento de cães você queira adotar, aqui estão algumas armadilhas comuns que, se evitadas, tornarão o processo de treinamento muito mais eficaz, agradável e divertido para vocês dois.!

Chamando seu cachorro e então, quando ele vier até você, “punindo” ele ou fazendo algo que ele não gosta. Seu cão está se divertindo muito no parque do cachorro – você liga e ele vem até você – e você recompensa o comportamento dele colocando-o na coleira e levando-o para casa. Ou ele está no quintal se divertindo, você o chama para entrar e quando ele faz isso, você começa a limpar os ouvidos, cortar as unhas ou escovar os dentes. É de se admirar que seu cão não venha mais quando chamado?

Enquanto seu cachorro se diverte jogando, chame-o periodicamente para ele, dê-lhe “refrescos” e depois diga: “Vá brincar!” Lembre-se de que, na fase de ensino, você está criando confiança com seu cachorro. Ao fazer isso algumas vezes, seu cão aprenderá a gostar de vê-lo quando ouvir o nome dele e não terá medo de que a diversão termine.

Enfiando o nariz do seu cachorro na sua bagunça para corrigir os “erros” da sua casa. Mal movimento. Você não tem um problema com seu cachorro “indo”, você só tem um problema com o local. Enfiar o nariz nele ou atingi-lo com um jornal enrolado só vai confundir o seu cão e pode realmente ensinar-lhe a esconder suas funções corporais de você – em breve você vai encontrar seus “presentes” no armário ou atrás do sofá. Ou você pode descobrir que ele não irá ao banheiro na sua frente, mesmo quando for o local certo. Ou o seu cão pode beber sua urina ou comer seu excremento (coprofagia) por medo de sua reação.

Nunca corrija um cão eliminando no lugar errado após o fato. Corrija-os somente se você os pegar no ato, e não batendo neles, mas gritando NÃO! ou FORA DE FORA!, e imediatamente levando seu cão para fora. Uma vez fora, fique com ele para elogiar o heck fora dele por fazer lá.  

falsefalseTO ADOTA UM PET

  • Clique aqui para adotar um cachorro do nosso show
  • Para encontrar um abrigo na sua área, clique aqui

Ignorando comportamentos ruins, como pular, mastigar e agredir, pensando que seu cão vai “sair disso”. Quanto mais tempo o seu cão tiver permissão para continuar o comportamento inadequado, mais certo ele ficará de que é aceitável. Saltar, mastigar e agredir não são fases do desenvolvimento de um cão, mas um comportamento inaceitável. Ensine seu cão que este é um comportamento indesejado, ensinando-lhe o que fazer.

Bater o seu cão ou usar a dor no processo de aprendizagem. Pessoalmente, sou contra o uso de técnicas de treinamento intimidantes. Colares de pinça e prong são até proibidos em alguns lugares, como Roma e Torino, na Itália. Hoje temos produtos disponíveis para evitar que os cães puxem a coleira, sem mencionar anos de pesquisa sobre a modificação de comportamento por reforços positivos e negativos, embora métodos humanos que não envolvam dor – como os produtos Sporn e Gentle Leader – que simplesmente Não é necessário usar métodos de “Inquisição Espanhola” em nossos melhores amigos! 

Levando o seu cachorro de volta para casa imediatamente após ele eliminar.  Seu cachorro leva uma eternidade para ir ao banheiro – ele leva o máximo de tempo possível para encontrar o lugar certo e ler todo o correio eletrônico da vizinhança. Por quê? Porque no minuto em que ele elimina, seu tempo lá fora está acabado e você o leva de volta para a casa. Então, para ficar mais tempo fora, ele simplesmente demora para ir ao banheiro.

A solução? Ensine seu cão a ir ao banheiro na hora certa e, quando ele o fizer, recompense-o começando a caminhada.!