Jena Malone fala sobre a luta contra a depressão como uma nova mãe: “A luta é real”

Jena Malone sabe o que é ser uma nova mãe lutando contra a depressão, mas a atriz é a primeira a admitir que não tem todas as respostas – na verdade, ela está se abrindo sobre sua dor na esperança de que ela se sinta menos sozinha.

Na quarta-feira, Malone, que interpretou Johanna Mason na série de filmes “Jogos Vorazes”, foi ao Instagram, onde revelou ter sofrido com depressão desde que ela e seu marido, Ethan DeLorenzo, receberam o filho Ode Mountain em maio de 2016..

“Maternidade, depressão e auto-estima. Não tenho nada bonito para dizer. Só que essa luta é real”, escreveu a atriz de 32 anos ao lado de uma foto borrada dela e de seu filho de 1 ano de idade..

“As bordas afiadas são demais para segurar sem compaixão”, continuou ela. “Estou lutando com isso. Compaixão por mim e por este momento de crescimento em minha vida.”

View this post on Instagram

We love you.

A post shared by Jena Malone (@jenamalone) on

A estrela sincera passou a dizer que ela sabia que muitas mulheres lutam contra a depressão durante a maternidade – e esperavam que compartilhar sua história seria útil.

“Eu sei que não estou sozinho nisso”, escreveu Malone. “Eu acho que eu só precisava compartilhar, na esperança de ser visto e não me sentir muito sozinho”.

A atriz, que apareceu em “Batman v. Superman: Amanhecer da Justiça” em 2016, tem se mantido discreta desde que se tornou mãe, exceto por atualizações ocasionais no Instagram e posts em seu blog, “Our Mountain Family”.

View this post on Instagram

For you I will make my skin impenetrable against the wind and the blackberry bramble. I will let it tear and bleed with grace and strength. I will take your pain and your fear and your skin bruised soft by falls and kiss them over and over again until you find your courage . I can not give you courage. I can only show you mine. You will decide for yourself how you will grow. I can only hold you in my arms for so long until they too become unnecessary to demonstrate what safety is . You will hold the imprint of our life together in your skin. You will lead me to my chair. And carry the weight of the world on your shoulders. You will carry my groceries. You will protect me from the wind and the sharp edges of your heartbreaks. You will be alone in a world full of chaos. It will be your choice who to love, how to love and how to let go of fear. All I can do is show you , my dear boy, what it is to be a human , in the long history of being human , on a planet at the edge of another collapse ,during the fall of an empire convoluted with so much hate. I can only lead by example one step at a time. I can only show you how our history lives in our skin, the good and the bad and the ugly of it. I can only teach you rituals of gratitude and love and hope that the millionth time we greet the sun in awe, it sticks. There's only so much I can do for you until you must do it for yourself. I must let you go, as one day you must let me go. I believe in our story here on earth and here together. I believe in you. And I believe in the oldest thread of revolutionary truth, LOVE. #heatherheyer #magnifytruth #magnifylove #raisingthenextgenerationOfhealers #mothersunite

A post shared by Jena Malone (@jenamalone) on

No início deste mês, a estrela de “Donnie Darko” compartilhou uma foto da pequena mão de Ode Mountain e prometeu na legenda que ela faria o possível para mostrar a ele “o que é ser humano”.

“Vou levar sua dor e seu medo e sua pele machucada por quedas e beijá-los repetidas vezes até encontrar sua coragem”, escreveu a nova mãe. “Eu não posso te dar coragem. Eu só posso te mostrar a minha.”