Ryan Lochte e Matt Lauer: O nadador assume “total responsabilidade” pelo escândalo do Rio

Ryan Lochte pediu desculpas por exagerar sua história de ser mantido sob a mira de uma arma no Rio, dizendo a Matt Lauer que ele e seus companheiros de equipe não estariam “nessa bagunça” se ele não tivesse mentido..

“Eles (o povo carioca) montaram grandes jogos. Eles fizeram tudo. E meu comportamento imaturo e intoxicado deixou isso um pouco”, disse Lochte..

Ryan Lochte: ‘Meu comportamento imaturo e intoxicado manchou’ um ‘ótimo’ Rio Games

22 de agosto de 201604:56

Perguntado se ele sozinho vandalizou o banheiro do posto de gasolina, Lochte respondeu que ele não estava em estado de espírito na hora de saber com certeza.

“Eu não tenho idéia. Quero dizer, eu estava muito intoxicado. Era imaturo. Era infantil”, disse Lochte. “Assumo total responsabilidade por tudo.”

Na sexta-feira, 12 vezes medalhista olímpico postou um pedido de desculpas ao Instagram e Twitter, escrevendo que ele sentia muito por seu “papel em tirar o foco dos muitos atletas que realizam seus sonhos de participar das Olimpíadas”.

Ele passou a escrever que ele “deveria ter sido muito mais responsável em como eu me lidava”, e mencionou que ele teria liberado o pedido de desculpas mais cedo, mas estava esperando até que três de seus companheiros de equipe, também envolvidos no incidente, pudessem voltar para os EUA.

“Você me disse no telefone, Ryan, você disse: ‘Somos vítimas aqui'”, Matt perguntou ao nadador. “‘Somos vítimas. E estamos felizes por estarmos seguros’. Na coletiva de imprensa da polícia, eles disseram: “Não são vítimas. Eles são vândalos”. Como você se sente sobre isso?”

“É como você quer, como você quer … fazer com que pareça. Se você chama isso de roubo, se você o chama de extorsão. Ou nós pagamos apenas pelos danos”, respondeu Lochte..

Ryan Lochte no incidente do banheiro do Rio: “Era infantil e imaturo”

22 de agosto de 201602:15

Ele continuou: “Como, nós não sabemos. Tudo o que sabemos é que havia uma arma apontada em nossa direção e nos exigiram dinheiro”.

Inicialmente, Lochte disse a HOJE e à NBC News que homens que pareciam policiais roubaram ele e três de seus companheiros de equipe à medida que voltavam de uma festa. Mas nos EUA, ele contou novamente sua história à NBC News, desta vez mudando alguns detalhes. Mais notavelmente, ele afirmou que a arma não havia sido segurada contra a cabeça e que o evento ocorrera em um posto de gasolina..

15 de agosto: Ryan Lochte dá sua conta inicial para Billy Bush

Ago.15.201602:36

Mas na semana passada, depois de revisar as imagens de vigilância e falar com testemunhas, a polícia brasileira disse que não houve roubo e que os seguranças haviam sacado suas armas somente depois que os nadadores vandalizaram um banheiro de um posto de gasolina e foram solicitados a pagar pelos danos..

Os três nadadores com Lochte (Gunnar Bentz, Jack Conger e Jimmy Feigen), enquanto isso, compartilharam suas próprias versões da história, e disseram à polícia que algumas das memórias do incidente de Lochte não se alinhavam com as suas próprias. Conger também revelou que ele e Lochte haviam urinado atrás do posto de gasolina.

RELACIONADOS: Vá para dentro do banheiro do posto de gasolina do Rio. Nadadores norte-americanos supostamente vandalizados

Quando Matt pressionou Lochte, insistindo que seu relato inicial do suposto roubo era mais sobre as “ruas medianas do Rio” do que “algum comportamento idiota”, Lochte admitiu: “É por isso que estou assumindo total responsabilidade por isso”..

“Foi o meu comportamento imaturo.”

O Comitê Olímpico Internacional anunciou na sexta-feira que montou uma comissão disciplinar para esclarecer os detalhes do escândalo. E no fim de semana o USOC anunciou que vai buscar mais ação disciplinar contra Lochte e seus companheiros de equipe.